Centro Regional de Cultura


» História « 

O prédio que hoje abriga o Centro Regional de Cultura Rio Pardo teve sua construção iniciada em 1848, sendo concluída apenas em 1882. Inicialmente suas dependências serviriam como casa de caridade, idealizada pela Irmandade de Caridade Nosso Senhor Bom Jesus dos Passos. Dois anos após sua construção o prédio é cedido às tropas do Império e anos mais tarde passa a funcionar como Escola Militar. Foram 45 anos de trajetória militar, onde se destacaram futuros personagens da história política brasileira, como Getúlio Dornelles Vargas, Mal. Eurico Gaspar Dutra e Mal. João Batista Mascarenhas de Morais.
A Sociedade Educação e Caridade adquire o prédio em 1930. Instala-se ali o Colégio Nossa Senhora Auxiliadora. Entretanto, o Instituto inicia sua transferência de atividades em 1965, mudando-se para novas instalações no entorno. Devido às dificuldades de manutenção adequada a um espaço tão amplo e que requeria restauração qualificada em 1974, a Sociedade Educação e Caridade doa o prédio ao Estado para que nele seja criado um Centro Comunitário de Atividades Culturais, condicionando-se a sua reforma e manutenção.
Em 1983, o prédio foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul (IPHAE), mas o seu estado de conservação era precário. Essa condição fez com que em 1991, um grupo de ex-alunos/as do “Colégio Auxiliadora” se sensibilizasse e criassem a UNEAMA (União dos Ex-Alunos Amigos do Auxiliadora), dando início à mobilização para salvar o prédio que estava interditado desde 1976.
Após grande esforço, em 2001, a REFAP S/A (Refinaria Alberto Pascoalini) comunica a aprovação de seu patrocínio exclusivo ao projeto pela LIC (Lei de Incentivo à Cultura) fazendo com que as obras de restauração se iniciassem dia 01 de abril de 2002 e terminassem após três anos e oito meses. O resgate deste monumento exigiu a intervenção de técnicos altamente especializados e artífices qualificados, além da utilização de materiais e técnicas especiais. Hoje, o prédio é considerado um dos mais importantes símbolos da história Gaúcha.
Em 2005, cria-se a entidade Centro Regional de Cultura Rio Pardo para fazer a administração do prédio e a realização de projetos e ocupação que visem o desenvolvimento cultural da população.

8° Regimento diante do prédio, então Escola Militar.


Quando pertencia ao Colégio Nossa Senhora Auxiliadora.



O prédio no período que estava abandonado.




Início da Restauração.




Nas escavações, durante o restauro, foram encontrados diversos objetos antigos,
que se encontram hoje no Memorial do Exército.




Fachada atual do prédio.

  • Sala fechada de uma igreja no Vale do Rio Pardo, RS, guarda um tesouro e um mistério. Vídeo G1
    Postado em 27 de ago de 2015 08:02 por webmaster
  • Promoção VOEGOL Termos e CondiçõesVoos Nacionais- Tipo de viagem: Ida e volta obrigatória- Estadia Mínima: 3 noites ou 1 sábado- Período de venda: 20hs de 28/03/2014 até 08hs de ...
    Postado em 30 de mar de 2014 19:29 por webmaster
  • 26 Lugares impresionantes en América Latina que deberías visitar 1. Lago Atitlán, Guatemala. mikeblue/mikeblue Matthew Stallone/Matthew Stallone Photograph by Reuben Wu/Photograph by Reuben Wu   Rodeado por tres volcanes, este es el lago más profundo de toda ...
    Postado em 19 de mar de 2014 19:29 por webmaster
  • American Airlines condenada por humilhar passageiro dentro de avião (Imagem meramente ilustrativa)Os Desembargadores da 12ª Câmara Cível do TJRS condenaram a companhia aérea American Airlines ao pagamento de indenização para passageiro no valor de R$ 30 mil. O ...
    Postado em 6 de mar de 2014 11:26 por webmaster
  • Viagem Tranquila: saiba o que é necessário para autorizar viagens de crianças e adolescentes Autorizações judiciais para crianças e jovens viajarem desacompanhados dos pais ou responsáveis devem ser solicitadas com antecedência, para evitar transtornos na hora do embarque. Com o objetivo de informar sobre ...
    Postado em 26 de fev de 2014 06:27 por webmaster
Exibindo postagens 1 - 5 de 35. Exibir mais »

Comments